02 março 2015

Lua de mel em Foz do Iguaçu. Lado brasileiro do Parque Nacional do Iguaçu

Este ano, para fugir do Carnaval, eu e marido viajamos para Foz do Iguaçu, no Paraná, a fim de conhecer suas cataratas, uma das 7 maravilhas naturais do mundo.

Passamos 5 dias e 4 noites na cidade. Chegamos dia 14/02, sábado, e voltamos dia 18/02, quarta-feira de cinzas.

No primeiro dia, ficamos descansando no hotel. No dia seguinte, fomos conhecer o lado brasileiro do Parque Nacional do Iguaçu. Como nosso hotel ficava a aproximadamente 500m do parque, fomos andando até lá.


O parque abre diariamente, de 9h às 17h. Se você visitar as cataratas no carnaval ou em outro feriado prolongado, sugiro que compre seu ingresso pela internet para não pegar a fila enorme que pegamos. Para comprar seu ingresso online, clique aqui

Depois de enfrentarmos uma fila para comprar os ingressos, enfrentamos outra fila para pegar o ônibus de 2 andares que nos leva às atrações do parque. 

A primeira parada é a Trilha do Poço Preto, uma trilha de 9km que pode ser feita a pé ou de bicicleta, na companhia de guias. Durante o passeio é possível visitar a Lagoa do Poço Preto e o obsevatório de fauna, e ao término da trilha, há um passeio de de barco até a Ilha da Taquara e passeios de caiaque. Não fizemos esta trilha.

Trilha do Poço Preto. Créditos: Ambiental Iguassu Travel

A segunda parada é o Macuco Safari, uma trilha percorrida em carreta puxada por carro elétrico, seguida de caminhada e passeio de barco até as cataratas, passando por baixo de uma das quedas. Não fizemos este passeio, pois optamos por fazê-lo no lado argentino do parque.

Estação do Macuco Safari vista da Trilha das Cataratas

Nesta parada também fica a Trilha das Bananeiras, uma caminhada de 1,6km seguida de passeio de barco a motor ou bote a remo na parte alta do rio Iguaçu. Também não fizemos este passeio.

A terceira parada é a Trilha das Cataratas, onde se encontra a trilha das cataratas propriamente dita, o Hotel das Cataratas e o Cânion Iguaçu, no qual se pode praticar arvorismo, rapel, rafting e escalada (inclusive para iniciantes).

A Trilha das Cataratas tem 1,2km e oferece uma visão panorâmica das Cataratas do Iguaçu. No percurso há mirantes que permitem uma visão mais próxima de algumas quedas e ao final da trilha há uma ponte que leva à Garganta do Diabo, um salto de aproximadamente 90m. Este passeio nós fizemos.





No final da Trilha das Cataratas há um elevador panorâmico que leva a um mirante. Eu queria muito ter subido, mas a fila de acesso estava enorme, então não fomos.

Do final da trilha é possível ir andando até o Espaço Porto Canoas, última parada do ônibus do parque, onde há uma praça de alimentação, banheiros, lojas e um ambulatório.

Nosso plano inicial era almoçar neste espaço e depois pegar o ônibus até o Macuco Safari para fazer o passeio de barco, mas como eu estava muito cansada, optamos por fazer o passeio de barco no dia seguinte, no lado argentino, e fomos embora.

À tarde, pegamos um táxi e fomos ao Duty Free Shop, na Argentina. Que decepção! Como os preços são em dólar, quando multiplicávamos os valores por 3, tudo ficava caríssimo :(

O mesmo taxista que nos levou foi nos buscar e cobrou R$90,00 ida e volta.

Semana que vem contarei nosso passeio pelo lado argentino.

Beijos e uma ótima semana, 

Silvia Tanes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente! Sua opinião é muito importante para mim :)

Silvia Tanes - Decoradora de Eventos ©| Desenvolvido por Heart Ideas – soluções criativas.