07 abril 2014

Lua de mel em Veneza

No dia 04/03/2014, acordamos em Roma, fomos até à Estação Roma Termini, pegamos um trem para Veneza, cujas passagens tinham sido compradas antecipadamente no site da Trenitalia (para acessar o site, clique aqui), e chegamos a Estação Venezia S. Lucia por volta das 14:20, onde pegamos um táxi aquático, uma lancha que você pode contratar para te levar até o hotel.


No caminho da estação até o hotel, já me encantei com o Grande Canal, as construções sobre as águas, as pessoas andando de gôndola, os ônibus aquáticos, os pequenos canais, as casas antigas, as pontes sob as quais tínhamos que abaixar para poder passar, ou seja, toda aquela atmosfera apaixonante que eu sempre sonhei conhecer.



Ficamos hospedados no Hotel Ca' Dei Conti, um 4 estrelas situado em um casarão antigo, mas muito bem conservado, com decoração elegante, ótima localização (a 5 minutos da Praça São Marcos), funcionários atenciosos e um café da manhã razoável. Nosso quarto era amplo e tinha vista para o pequeno canal na frente do hotel. Fiz questão que a hospedagem de Veneza fosse a melhor, mas esperava mais do hotel. O hotel de Roma, por exemplo, apesar de mais simples, era mais aconchegante, tinha funcionários mais atenciosos e um café da manhã melhor.

Frente do hotel

Área do café da manhã



Vista do nosso quarto
Hotel Ca' Dei Conti
Castello, 4429, Venezia
info@cadeiconti.com
Deixamos as malas no quarto e saímos para almoçar, conhecer a cidade e curtir o último dia do Carnaval de Veneza. Caminhamos pelas suas ruelas, subimos e descemos suas pontes, compramos máscaras venezianas para entrar no clima, degustamos um belini (drink típico da cidade), compramos algumas gulodices italianas, e passamos o restante do dia na Praça São Marcos, onde havia um palco montado tocando diversas músicas, inclusive brasileiras. 

Muitas pessoas fantasiam-se luxuosamente para o Carnaval, com vestidos de baile, roupas iluminadas, belíssimas máscaras, e param, fazendo pose, quando nós pedimos para fotografá-las. É um barato! 





No dia seguinte, o plano era caminhar até a Ponte Rialto, visitar o Palácio Ducale e a Basílica de São Marcos, mas estávamos tão cansados que preferimos tirar o dia para descansar e repor as energias para mais 3 dias em Paris e 1 em Londres. Então acordamos tarde, passeamos de gôndola, caminhamos só um pouquinho pela cidade, ficamos sentados em um café na Praça São Marcos admirando a cidade e seu movimento, compramos umas lembrancinhas, almoçamos, voltamos para o hotel, dormimos, e à noite saímos para jantar.

Eu amei Veneza! É uma cidade única! Muito charmosa, muito romântica, perfeita para uma lua de mel! Realmente, é um lugar que se deve ir ao menos uma vez na vida.


 
Ponte Rialto

Ponte dos Suspiros

Palácio Ducale

A ponte dos Suspiros liga o Palácio Ducale à Prigioni Nuove, o primeiro edifício do mundo construído para ser uma prisão. Dizem que ela recebeu este nome, pois na época da república em Veneza, os prisioneiros que a atravessavam suspiravam sabendo que viam pela última vez o mundo exterior, já que aquele que era condenado no Palácio Ducale não saía com vida. Reza a lenda que o casal que se beijar ao por do sol, ao som dos sinos do Campanário de São Marcos, sob a ponte, terá amor eterno. Para visitar seu interior, deve-se reservar uma visita ao Palácio Ducale.

Outro passeio legal é pegar um vaporetto (uma espécie de ônibus aquático) e fazer um tour pelas principais ilhas do arquipélago veneziano, como Murano, Burano, Lido e Giudeca.

Veneza é uma ótima base para um bate-volta a Verona, cidade onde teriam vivido Romeu e Julieta. Vocês encontram excelentes dicas para este passeio nos blogs Turista Profissional e 13 Anos Depois...

Outros blogs que eu recomendo:

Beijos e uma ótima semana,

Silvia Tanes :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente! Sua opinião é muito importante para mim :)

Silvia Tanes - Decoradora de Eventos ©| Desenvolvido por Heart Ideas – soluções criativas.