11 julho 2011

Lua de mel em Santiago. Estações de esqui

 
No primeiro dia em que acordamos no Chile, fizemos um passeio de 1 dia para conhecer 3 estações de esqui: Farellones, El Colorado e Valle Nevado. Fizemos o tour pela Ski Total, empresa da qual já tinha ouvido falar antes de viajar e que também foi indicada pelo hotel em que estávamos. Pagamos 30000 pesos chilenos (apxoximadamente R$100,00)* por pessoa, pelo passeio e pelo aluguel de roupas para usar na neve. Eles nos pegaram no hotel às 09:30, levaram-nos a loja deles para pegar uma calça, botas e luvas, e pararam em um posto para comprarmos água. 
  
Começamos a subir a Cordilheira dos Andes por uma estrada sinuosa e com vista cada vez mais bela. A primeira parada foi em um mirante para tirar algumas fotos e ter o primeiro contato com a neve. Depois, paramos por 30 minutos em Farellones, uma parada que achei inútil, pois voltaríamos a esta estação para ficar a maior parte do passeio. A terceira parada foi em El Colorado, também por 30 minutos, apenas para conhecer a estação e tirar fotos.

 
 Vista do mirante em que paramos
 
  El Colorado

Depois, como havia dito antes, voltamos a Farellones, uma estação na qual não há pistas de esqui, mas apenas brinquedos, como o tumbing (vulgo esquibunda) e a tiroleza. Ficaríamos lá por 1 hora e 30 minutos (30 minutos para almoçar e 1 hora para curtir a estação), mas no restaurante em que a maioria foi, os pratos demoraram tanto pra sair que a parada estendeu-se para 2 horas. Para a nossa "sorte", porém, nossa comida levou aproximadamente 1 hora e meia para chegar e, por conta disso, passei apenas 30 minutos divertindo-me no tumbing.

 Farellones

  Pista de tumbing

Dicas para quem fizer este passeio ou outro parecido:

1. Enquanto todo mundo estiver almoçando, aproveite para brincar ou esquiar (e vive-versa), assim você terá menos "concorrentes" nas atividades que estiver fazendo e economizará tempo;

2. Todavia, se você chegar à estação faminto (como foi o nosso caso), procure o restaurante, lanchonete ou quiosque mais vazio e faça um lanche rápido (ou traga um lanche na sua bolsa) a fim de economizar tempo e ter disposição para as atividades posteriores.

3. Em Farellones, você compra um ticket para o tumbing (pelo qual paguei 8000 pesos chilenos, ou R$27,00)*  e tem direito a brincar durante uma hora, mas o horário inicial e final é definido por eles, e há um limite de pessoas por horário. Por que é importante saber isso? Porque nós saímos do restaurante às 14:45 mim, não havia mais vagas para o grupo que  tinha começado a brincar às 14:15 min e sairia às 15:15 min, e o próximo grupo começaria apenas às 15:30 min, horário em que nossa van iria embora. Eu fiquei indignada! Pois nosso guia não havia nos dito nada a respeito... Então, tive a idéia louca de comprar o ticket para as 15:30 min, descer pelo menos uma vez, e ai do guia se não me esperasse! Mas, depois que comprei o ticket, tive uma idéia melhor: fui até o segurança que controlava a entrada das pessoas no brinquedo, contei minha triste história para ele, usei meu charme brasileiro e consegui entrar às 15:00 h e só sair às 15:30. Hehehehehe...

 Feliz por ter conseguido entrar mais cedo no brinquedo (rs)

 Brincando :)

Finalmente, partimos para Valle Nevado, cujas pistas ainda estavam fechadas, e durante 30 minutos tiramos algumas fotos e nos despedimos da neve.


Valle Nevado

 Pinto no lixo :)

O passeio foi incrível! Mas extremamente cansativo. Queria descer admirando a paisagem, mas dormi durante a maior parte da viagem de volta. E à noite, comemos no quarto do hotel mesmo.

Para quem quiser esquiar, sei que há passeios que saem mais cedo de Santiago. Outra dica é ficar hospedado pelo menos 3 noites em uma estação (3 é o número mínimo de diárias que eles exigem) e pelo menos 4 noites em Santiago.

Semana que vem, vou falar da cidade de Santiago em si.

Beijos, Sil :)
*Valores de 25/06/2011

Um comentário:

Comente! Sua opinião é muito importante para mim :)

Silvia Tanes - Decoradora de Eventos ©| Desenvolvido por Heart Ideas – soluções criativas.